mudar de vida: ser saudável e feliz

10 hábitos simples para seres (ainda mais) feliz!

Andava eu a navegar pela internet quando encontro um artigo bastante interessante, onde nos falam de dez hábitos  – comprovados pela ciência – que trazem felicidade para as vossas vidas.

Estou numa fase da vida em que busco a plenitude, no verdadeiro sentido da palavra. Quero sentir-me conectada com aquilo que me rodeia e, acima de tudo, sentir-me bem, sentir-me em equilíbrio e paz. Por isso, faz todo o sentido partilhar convosco não só estes dez hábitos, como também a minha experiência no âmbito dos mesmos.

 

1. Uma boa noite de descanso

Os resultados de um estudo desenvolvido pelos pesquisadores do Brigham and Women’s Hospita revelam que mais de 90% das pessoas que se consideravam perfeitamente felizes dormiam cerca de 7 horas por noite (em média).

Se no tempo de faculdade eu dormia umas 5 horas por noite, hoje devo dormir uma média de 8 horas. Quando dormia poucas horas sentia-me super cansada, sem energia para nada, mau humor o que, consequentemente, ia fazer com que não me sentisse plenamente feliz.

 

2. Fazer exercício

Num estudo onde se pretendia analisar a relação entre a felicidade e o exercício físico, constatou-se que 70% dos participantes apresentavam níveis mais elevados de felicidade, sendo que o factor comum entre eles era a prática regular de exercício físico.

Aqui peco muito. Até ao ano passado eu tinha uma vida bastante sedentária. Hoje considero-me mais activa, no entanto não pratico exercício com tanta regularidade quanto devia. No entanto, reconheço que quando a pratico me sinto muito melhor. Os níveis de bem-estar, energia e felicidade aumentam. Por vezes podemos estar sem vontade de ir correr ou simplesmente fazer uma caminhada, mas a verdade é que aquilo que sentimos quando terminamos é óptimo!

 

3. Aprender

Para além de melhorar a nossa auto-estima, aprender potencia também os nossos níveis de felicidade. E, para aprenderes, não tens necessariamente de ir tirar um curso ou qualquer coisa do género. Lê! Lê muito! Pesquisa sobre assuntos que te interessem, lê artigos, vê documentários. Eu faço isso regularmente. Gosto muito de aprender, de pesquisar sobre coisas que me interessem e, como se costuma dizer, o saber não ocupa lugar!

 

4. Beber água

Acho que já faz parte do conhecimento de todos que beber água nos faz bem. Neste sentido, diversos estudos comprovam que quem bebe água  regularmente ao longo do dia apresenta níveis de felicidade mais elevados. Para além disso, apresentam ainda níveis mais elevados de energia e emoções positivas. Quando bebemos água por estar a “morrer de sede” significa que a percentagem de água presente no organismo  já está inferior àquela que é aconselhável.

Antes eu não bebia água. Só bebia quando estava a “morrer de sede”. Por ter alterado várias coisas no meu estilo de vida não sei precisar em quê, mas tenho a certeza que beber água contribuiu de uma forma bastante positiva para que sentir melhor. Hoje adoro água!

 

5. Ensinar

Tal como aprender, ensinar também aumenta a felicidade (através do aumento da auto-estima). Uma boa escolha é o voluntariado, sendo que é duplamente benéfico – para quem gosta de aprender e para quem gosta de ensinar.

 

6. Meditar

Segundo alguns estudos, a meditação contribui para o aumento das emoções positivas (diminui sentimentos depressivos e, por conseguinte, promove a felicidade). Ao meditar, libertamos os pensamentos negativos e controlamos a respiração, o que diminui o stress e a ansiedade.

A meditação é algo que estou neste momento a tentar introduzir na minha vida de uma forma gradual. Há uns anos pratiquei ioga mas nessa altura era que algo que não me fazia sentido. Hoje, por ser mais velha e estar mais (e querer estar cada vez mais) consciente de mim a minha opinião já é diferente.

 

 

7. Hobbies

Ter alguma(s) actividade(s) fora da rotina e da correria do dia-a-dia é um factor que contribui positivamente para o aumento dos níveis de auto-estima. Para mim ler (o que também vai contribuir para aprendizagem) e ver alguns filmes ou algumas das minhas séries favoritas são coisas que me permitem “fugir da vida real” e que me permitem relaxar um pouco e, neste sentido, fazer com que me sinta melhor.

 

8. Ser altruísta

Num estudo onde o principal objectivo era observar a relação entre egoísmo e felicidade, concluiu-se que 78% dos inquiridos tinham um aumento significativo do índice de felicidade após ajudarem outras pessoas (mesmo com tarefas simples). Portanto, pensarmos mais nos outros pode também ser uma óptima forma de aumentarmos os níveis da nossa própria felicidade.

 

9. Detox das redes sociais

Ao início pode ser complicado, mas quando nos desligamos das redes sociais evitamos o impulso de nos compararmos (às vezes até inconscientemente) às outras pessoas. Estarmos alheios ao Facebook, Instagram e afins, vai diminuir a nossa ansiedade social e os níveis de stress, fazendo com que nos sintamos mais tranquilos e com níveis de contentamento mais elevados.

Andamos tão agarrados às redes sociais que, por vezes até nos esquecemos de apreciar as coisas boas da vida. Ando há algum tempo com vontade de fazer uma espécie de detox das redes sociais,  estando dois ou três dias completamente ausente das mesmas mas, no fundo ainda não tive coragem para o fazer. Talvez esteja para breve e depois partilho a minha experiência (não deve doer assim tanto!!).

 

10. Ser positivo

Concluiu-se num estudo que o facto de usarmos pelo menos três frases positivas por dia é o suficiente para que 2 em cada 3 adultos se tornem mais felizes ao longo do ia. Para além disso, ao manifestarmos a nossa felicidade e bem-estar já estamos a espalhar o positivismo. Por isso vamos lá deixar a toxicidade de parte!

 

 

 

Alguns destes pontos já estão enraizados na minha vida, no entanto outros precisam de algum aperfeiçoamento. Apesar disso, acho que estou num bom caminho para me sentir cada vez melhor. E tu?

 



2 thoughts on “10 hábitos simples para seres (ainda mais) feliz!”

Deixar uma resposta