mudar de vida: ser saudável e feliz

6 dicas para que a mudança de hábitos resulte

Somos seres de hábitos. Está mais do que provado. Hoje, trago-te algumas dicas úteis para alcançar o sucesso na mudança de um hábito que está enraizado na tua rotina.

Para começar, (1) uma coisa de cada vez. A probabilidade de termos sucesso aumenta quando nos concentramos num objectivo de cada vez. Para além disso, quando nos propomos a alterar muita coisa de uma só vez, também é mais provável cair na tentação de desistir.

É importante que ( 2) te foques em possíveis soluções. Se o teu objectivo é, por exemplo, introduzir a prática de exercício físico na tua rotina, obviamente que não vais começar por correr 5km. Começa por uma caminhada e aumenta gradualmente o teu ritmo e a distância que percorres.

Também é importante que (3) estabeleças uma meta e uma recompensa. Quando alcançares a tua meta, cria uma nova, até que essa atitude se torne um hábito. Recompensa-te mas, como te disse antes, não utilizes comida como recompensa. Não tem qualquer lógica teres como objectivo perder (por exemplo) 5kg e, quando finalmente atinges a tua meta ires devorar um hambúrguer com batatas fritas.

Outro passo é que (4) anuncies a mudança. o facto de teres uma rede de suporte é fundamental. Conta à tua família e aos teus amigos mais próximos que tomaste essa decisão. É bastante importante ter alguém que nos apoie e com quem possamos partilhar as nossas conquistas, angústias e medos.

O facto de (5) fazeres um registo dos teus progressos também pode ser útil. Uma fotografia, um post-it…qualquer coisa, desde que esteja sempre visível. Ter um registo da nossa evolução dá-nos a motivação extra que por vezes tanta falta nos faz.

Por último e talvez a dica mais importante: (6) não desistas quando te deparares com um obstáculo. Mudar algo que faz parte da nossa rotina é um enorme desafio. Quando decidimos mudar por completo o nosso estilo de vida chega até a ser assustador. Quando algo não correr como esperas não desistas. O importante é que consigas encontrar uma estratégia/solução para que esse percalço não volte a acontecer.

 

 



4 thoughts on “6 dicas para que a mudança de hábitos resulte”

  • Esses pontos são essenciais. Eu deixei de caminhar há 1 mês, quando perdi o Scott e deixei de ter motivação para ir caminhar. Era mais por ele que eu ia e depois acabei por gostar ainda mais porque era na companhia dele e fazia-nos bem aos dois. Hoje voltei às caminhadas e achava que o meu corpo tinha ficado sentido com a pausa, mas impecável! 😀

    Outra coisa que me aconteceu foi que o meu corpo aprendeu a comer e ontem dei-lhe uma feijoada, naquela de “só hoje não faz mal”… só que correu mesmo muito mal! Parou-me a digestão! E acho que isso é um ponto importante: devemos respeitar o nosso corpo e se lhe damos comidinha da boa e depois vamos comer “lixo”, ele vai sentir e vai reclamar connosco com toda a razão 😀

    Estou a gostar de ver este blog eheh

    • Eu também não faço todos os dias. Quando estou alguns dias sem fazer também não sinto “dificuldades”. Antes sentia muitas dores nas pernas e nos joelhos principalmente, mas agora já não 😄
      Eu quando estou alguns dias fora de casa tenho muita dificuldade em seguir o plano alimentar. Saio da rotina e fica tudo desregulado. Nos últimos dias tenho feito alguns excessos e o que noto é a barriga inchada :/

      Obrigada pelo feedback:) é bom saber que alguém se identifica e que não estou sozinha nisto 😙

      • Lá isso não estás 😀
        Eu faço desgraças ao fim-de-semana, principalmente comer doces, mas aquela coisa “sem importância nenhuma” de que sinto mais falta e que eu faço sem problemas durante a semana é beber água. Parece que não consigo beber 1,5L por dia quando estou em casa, mas no trabalho bebo quase 3L -_-“

Deixar uma resposta